Cuiabá e Várzea Grande são duas cidades do estado de Mato Grosso que possuem a maior população do Brasil. A consagração à Virgem Maria dessas cidades em setembro de 2017 foi um evento significativo para ambas as comunidades.

A Campanha Nacional de Dedicação à Virgem Maria começou como um projeto promovido pelo padre Edson Silva, pároco da Igreja Nossa Senhora da Assunção de Cuiabá e diretor da Rádio Tecnologia. O padre Silva quis falar sobre a devoção a Nossa Senhora e promover um diálogo saudável entre católicos com diferentes crenças e valores, desde padres de diferentes dioceses até leigos católicos e ateus.

Esta introdução faz um breve histórico da consagração do Brasil, seguido de uma introdução à Campanha Nacional de Consagração à Virgem Maria.

Em setembro de 2000, o Papa João Paulo II fez um convite a todas as Igrejas Católicas Romanas do Brasil. O convite afirma que “pais e filhos, irmãos e irmãs, amigos e colegas estão convidados” a participar deste novo movimento denominado “Dedicação”. Eles são exortados a “buscar uns aos outros com particular intensidade, com vistas a construir nosso relacionamento pessoal com Cristo”.

Essa é uma maneira pela qual o Papa Francisco continua o trabalho de seu antecessor. Os organizadores dizem que a participação tem sido grande e que muitas pessoas têm procurado orientação sobre suas próprias consagrações ou de entes queridos.

Cuiabá e Várzea Grande são duas das 37 cidades brasileiras selecionadas para serem beneficiadas pela Campanha Nacional de Dedicação à Virgem Maria. O objetivo desta campanha é consagrar a cidade e incentivar as pessoas a viverem sua fé através da devoção diária.

A Campanha Nacional de Dedicação foi lançada em 2016, sendo Cuiabá uma de suas primeiras cidades. A ideia por trás dessa iniciativa é que, uma vez consagrada uma cidade, as manifestações religiosas ocorram regularmente dentro dela. Velas acesas, por exemplo, ou flores deixadas na estátua da figura materna serão vistas regularmente, o que ajudará a criar uma cultura de oração naquela cidade e atrair mais crentes para ela.

A Campanha Nacional de Dedicação à Virgem Maria é uma consagração que visa a construção de um santuário na cidade de Cuiabá, capital de Mato Grosso, e outro em Várzea Grande, capital do estado brasileiro de Mato Grosso do Sul.

A Campanha Nacional de Dedicação é uma ação de consagração a Nossa Senhora que foi divulgada pela Santa Sé com instrução do Papa João Paulo II em 2 de novembro de 2006. Ela visa focalizar todos os aspectos relacionados a Maria e seu culto. A consagração também pode ser vista como um sinal de compromisso cristão e esperança em corações e mentes que amam a Cristo.

Geralmente são grupos de pessoas que estão se preparando para serem consagradas. Eles geralmente têm um voto que querem fazer e dar uma vida de serviço à Igreja.

Em 15 de dezembro de 2011, começou a Campanha Nacional de Dedicação à Santíssima Virgem Maria em Cuiabá Brasil, Cuiabá se tornou a primeira cidade do país com tal grupo

O processo de consagração requer preparação através de treinamento espiritual e emocional antes de se tornar uma pessoa consagrada oficial. Esses grupos de pessoas geralmente têm cultos diários de oração e reuniões de grupo onde compartilham seus pensamentos e sentimentos sobre o que significa dedicar-se ao serviço de Deus.

Grupos de pessoas que se dedicaram à Virgem Maria se preparam para celebrar a Consagração de Cuiabá e Várzea Grande.

Esta Campanha Nacional de Dedicação à Virgem Maria foi iniciada pelo Bispo Dossantos, responsável por esta campanha em Rondônia. Esta campanha é uma forma de dar à mãe de Deus uma representação física nestas cidades. Segundo Dom Dossantos, trata-se de um “passo importante” que atrairá milhões de fiéis de todo o Brasil e também do mundo.